Que há para se ver na Grécia?

A maioria dos brasileiros sabem algumas coisas sobre a Grécia. Por causa do ensino escolar sabem um pouco de mitologia grega, da história da Grécia antiga, da filosofia, da democracia, etc. E por causa da mídia sabem um pouco das ilhas gregas com as casinhas brancas como um destino de turismo maravilhoso, uma viagem onírica. A Grécia é isso, sem dúvida estas são as coisas mais famosas no mundo inteiro, mas a Grécia é muito mais. No mesmo jeito que o Brasil não é só o carnaval e a Amazônia, como os gregos veem as vezes na TV grega.

Não se pode descrever em poucas palavras a variedade de paisagens, de arquitetura, de música, de tradições regionais, de comida, etc. que há na Grécia, mesmo sendo um país tão pequeno. Fica na escolha de cada um quais coisas conhecer, dependendo dos seus gostos e gastos… Por agora, vamos ver em breve o que é que a maioria dos turistas escolhem quando visitam a Grécia.

Acrópoles de Atenas

Acrópoles de Atenas

Atenas

Atenas é a capital da Grécia e usualmente é onde os aviões pousam vindo de um outro continente como é a América do Sul. (Se vocês vêm da Europa há voos partindo direto para as ilhas gregas, especialmente no verão). A Atenas de hoje em dia é uma cidade moderna e grande, a maior da Grécia, com mais de 3 milhões de habitantes. A maior atração de Atenas é claramente os monumentos antigos e os museus. A Acrópole com o Pártenon (o templo da deusa Atenas) e os monumentos ao redor, o templo de Zeus, o Museu da Acrópole, o Museu Arqueológico Nacional, etc.

Um grande parte da Atenas antiga é coberto pela Atenas moderna, durante a expansão da cidade não foi raro escavar para construir prédio e achar ruínas antigas em baixo da terra, especialmente na região central, ao redor da Acrópoles.

A cidade moderna oferece vários tipos de entretenimento: restaurantes com música tradicional, bares com música de todos os estilos, eventos culturais, concertos, cafeterias para tomar um café devagarinho como os gregos costumam a fazer,…
Se vier no verão é possível curtir o mar, as praias de Atenas ficam no sudeste da cidade e são acessíveis de ônibus urbano ou bonde elétrico. A qualidade da água é suficiente, mas quanto mais longe, melhor. Para ver águas realmente cristalinas e limpíssimas é melhor viajar pras ilhas ou outro lugar do litoral do continente.

Cidade de Ía (Oia), Santorini

Cidade de Ía (Oia), Santorini

Santorini

A Ilha vulcânica de Santorini é a mais famosa da Grécia, e tem toda razão. As paisagens de lá são realmente deslumbrantes: as casinhas penduradas no penhasco, a vista do vulcão, o pôr do sol inesquecível, as praias de várias cores (praia preta, vermelha, branca), as ruínas antigas (uma cidade pré-histórica e uma antiga), o passeio de barco para o vulcão, etc etc. Tudo é um cartão postal. Também, famosas são a vida noturna, a gastronomia, a enologia. Ninguém se arrependeu depois de visitar a Santorini, talvez só reclamar das multidões de turistas que tem na alta temporada (julho, agosto). Precisa-se de pelo menos 2-3 dias para curtir a ilha, e é melhor alugar carro porque o transporte de ônibus não é muito conventiente.

Míconos

"Pequena Venécia" em Miconos

“Pequena Venezia” em Míconos

A ilha de Míconos é também muito famosa, por causa das casinhas brancas e das ruazinhas estreitas que parecem labirinto, das praias de areia amarela, dos bares da praia, da vida noturna… Também é famosa entre homossexuais e ainda tem uma praia de nudismo. De qualquer forma, no verão é uma ilha de festa, muito vibrante, e ninguém, de jeito nenhum, vai se sentir entediado. Se você quiser tranquilidade e pouca gente melhor escolher outro lugar, ou ir na baixa temporada (não no verão).

Ao lado de Míconos fica a pequena ilha de Delos com o santuário de Apolo que vale a pena visitar.

Zaquintos

Praia do Naufrágio

Praia do Naufrágio

A ilha de Zaquintos é famosa primeiramente por causa da praia Navagio (que significa Naufrágio, por causa do naufrágio de um navio que fica encalhado) que é votada uma das melhores do mundo (veja, por exemplo, no tripadvisor, europeanbestdestinations, huffingtonpost). No outro lado da ilha, a praia de areia de Laganas é lugar de reprodução da tartaruga-comum (Caretta caretta), e os bares da cidadezinha de lá são lugar de festejar e beber-até-cair da juventude da Europa do Norte e não só.

A ilha de Zaquintos , no tripadvisor, europeanbestdestinations, huffingtonpost). No outro lado da ilha, a praia de areia de Laganas é lugar de reprodução da tartaruga-comum (Caretta caretta), e os bares da cidadezinha de lá são lugar de festejar e beber-até-cair da juventude da Europa do Norte e não só.

Creta

Palácio de Cnossos

Palácio de Cnossos

A Creta é a maior ilha da Grécia, tem um caráter diferente, os locais são orgulhosos da sua cultura, música, comida típica, e ainda do dialeto deles. Há muitas praias impressionantes, por exemplo Elafonisi, Mátala, Vai, ruínas antigas como o palácio de Cnossos da civilização minóica, e outras de época medieval, trilhas ecológicas como a famosa garganta de Samariá. Para ver bastante da ilha é melhor alugar um carro e ter muitos dias disponíveis.

Peloponeso

Praia de Voidokilia

Praia de Voidokilia

Peloponeso é uma região grande, que é quase uma ilha: é conectada com o continente através de um canal e uma ponte. Oferece uma grande variedade de paisagens, praias, montanhas, cidades antigas, cidades velhas, um pouco de tudo. Aqui tem a Olímpia dos jogos olímpicos da antiguidade, o Teatro de Epidauro o maior da época antiga, a cidade antiga de Micenas, etc. Há praias de areia lindíssimas e trilhas na montanhas, cidades grandes e vibrantes, e aldeias tranquilas com comida típica do local. É aconselhável alugar um carro e fazer um roteiro porque é complicado pegar ônibus interurbano.

Do noroeste do Peloponeso se pode pegar o ferryboat para Zaquintos.

Grécia continental

Meteora

Meteora

A Grécia continental tem inúmeros lugares para alguém visitar, além dos famosos lugares como a cidade antiga de Delfos, e as formações de pedra de Metéora com os mosteiros ortodoxos em cima. Seria uma boa ideia fazer um roteiro com carro ou moto para poder aproveitar todo canto lindo no caminho. É claro que alguém tem que ser bem informado, para descobrir os lugares bonitos e as vezes lugares intocadas pelo turismo que só os locais sabem. Se usar o ônibus interurbano ou o trem, é mais difícil conhecer muitos lugares, e vai levar mais tempo, e no caso de um grupo 3-4 pessoas -ou mais- o preço das passagens vai levar mais dinheiro também.

O restante…

Há mais lugares bonitos que se poderia visitar, fora do caminho batido (pelo menos dos turistas estrangeiros). Se quiser tranquilidade e vida simples pode ir para alguma pequena ilha ou aldeia de poucos habitantes, ou pode fazer ecoturismo ou agroturismo, ou pular de ilha pra ilha de ferryboat conhecendo o caráter e a beleza de cada uma, ou pode visitar as montanhas para passear entre as florestas e a natureza ou curtir a neve no inverno.

Pouco a pouco vou ficar escrevendo mais detalhes sobre os lugares bonitos da Grécia, os famosos e os menos conhecidos pelos estrangeiros. Assine o meu boletim para receber notificações dos novos posts…

Has one comment to “Que há para se ver na Grécia?”

You can leave a reply or Trackback this post.

Deixe uma resposta